Pesquisa exclusiva identifica o que os blumenauenses sabem sobre o processo eleitoral

Por Morgana Kloth, acadêmica de jornalismo da Furb

Os alunos da terceira fase de jornalismo da Furb desenvolveram uma pesquisa intitulada “Quem é você nas eleições”, por meio do Projeto Focus. Os acadêmicos apuraram informações referentes ao perfil dos eleitores deste ano e seus conhecimentos em relação aos cenários político e eleitoral.

Para isso, contou com a participação de entrevistados com idade entre 16 e 60 anos. A pesquisa é exclusiva e desenvolvida integralmente pelos acadêmicos, sob a coordenação da professora Cynthia Boos de Quadros. A pesquisa feita resultou em uma série jornalística multimidiática orientada pela professora Clarissa Josgrilberg Pereira, que trabalhou as informações a partir dos dados que foram obtidos.

O jornal O Município Blumenau assumiu a parceria para a divulgação do material produzido pelos alunos. Com base nos resultados desta pesquisa foram elaborados cinco textos pelos acadêmicos que serão publicados ao longo da semana no portal de notícias. Estes textos serão publicados ao longo desta semana, diariamente.

“Essa é uma pesquisa que monitora índices de lembrança, do conhecimento, da influência e de confiança das pessoas em relação a algumas pautas do cenário político-eleitoral”, informou a professora Cynthia Boos de Quadros, coordenadora da pesquisa.

“Para o jornal é extremamente importante oportunizar o espaço a um trabalho tão detalhado e bem produzido como o dos acadêmicos da terceira fase de Jornalismo da Furb. Além disso, temos a oportunidade de proporcionar aos nossos leitores um panorama do cenário eleitoral, não voltado para candidatos ou partidos, mas sim ao comportamento do eleitor blumenauense. É a possibilidade de realizar uma autocrítica neste período eleitoral que se aproxima”, afirma Cristóvão Vieira, editor-chefe do jornal O Município Blumenau.

Pesquisa

O instrumento de coleta de dados utilizado na pesquisa era composto por cerca de 40 questões fechadas, algumas delas com escalas de confiança, entendimento e influência.

A coleta foi realizada entre maio e junho deste ano através de um questionário auto preenchível compartilhado pelo WhatsApp. O índice de confiança é de 96% e a margem de erro é de 4,4 pontos percentuais para mais ou para menos.

Um total de 500 pessoas respondeu à pesquisa. “Tivemos uma preocupação de representar os estratos sociais, seja de classe, idade, renda familiar, de uma forma a se aproximar muito da realidade do eleitorado blumenauense para que isso não causasse nenhuma distorção”, explica Cynthia.

Intenção ao voto

Dos 500 entrevistados, 93,2% pretendem votar nestas próximas eleições, que irão eleger os representantes para presidente, governador, senador, deputados federais e deputados estaduais. Dos 3,6% que dizem não pretenderem votar, as razões variam entre os que não têm o título regularizado, os que não estarão na cidade, os que dizem não ter interesse em votar.

Funções dos cargos políticos

Alesc/Divulgação

Os entrevistados foram questionados ainda sobre seus conhecimentos referente às funções exercidas pelos cargos que serão eleitos este ano. A maioria (56,2%) diz entender pouco ou muito sobre as funções do presidente da República e do governador (49,6%), enquanto os percentuais dos que dizem não entender ou não conhecer sobre as funções dos demais cargos, senador (15,4%), deputados federais e deputados estaduais (ambos relativos à 12,2%) é maior, se comparado aos demais cargos políticos.

Essas percepções têm índices que vão aumentando à medida que a idade dos entrevistados também aumenta e são mais altos por parte dos homens. “Como um cuidado adicional de análise, fizemos alguns cruzamentos de respostas e, verificando por sexo, faixa etária e faixa de renda, se a opinião do eleitor muda, se as respostas mudam a partir dessa variável. Então isso também nos permite analisar e conhecer mais a realidade de Blumenau de uma forma mais apurada. Se nessas divisões, os entrevistados pensam diferente, se informam ou confiam de forma diferente, nesses pontos que nós submetemos a eles”, explica Cynthia.

Outros dados

Além do nível de entendimento, a pesquisa também identificou o grau de confiança em cada um dos cargos políticos e as influências que os leitores consideram sofrer para a escolha dos candidatos. Segundo a pesquisa, mais de 86% dos blumenauenses dizem ser influenciados por debates eleitorais televisivos para escolher seu candidato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s