Prefeitura repassou R$ 31 milhões para a Blumob, mas conta pode chegar a R$ 58 milhões

O sistema dava sinais de que ao menos estancaria a sangria – leia-se parar de perder passageiros. Em 2018, primeiro ano cheio de operação da Blumob, foram 25,54 milhões de pessoas transportadas, segundo dados do Seterb. No ano seguinte, melhorou um pouco: 25,57 milhões, cerca de 70 mil usuários por dia. Vale lembrar a média de 2001, ano de recorde no número de usuários do … Continuar lendo Prefeitura repassou R$ 31 milhões para a Blumob, mas conta pode chegar a R$ 58 milhões

A extinção do Siga e a conta para os usuários

A Piracicabana aterrissou em Blumenau em um momento caótico do transporte coletivo. Em janeiro de 2016, o município anunciava o rompimento do contrato de concessão firmado menos de 10 anos antes com o Siga. A incapacidade financeira das três empresas que formavam o consórcio de pagar funcionários resultou em paralisações em série a partir do segundo semestre de 2015. Sem salários em dia, motoristas e … Continuar lendo A extinção do Siga e a conta para os usuários

De referência a modelo em xeque: as idas e vindas do transporte de Blumenau

Reportagem: Giulia Godri Machado e Pedro Machado No início da década de 2000, a prefeitura de Blumenau chegou a apresentar em uma conferência sobre mobilidade urbana, na Espanha, o modelo do transporte coletivo implementado na cidade. O estudo de caso levado a um evento internacional era uma chancela a um sistema integrado, bem avaliado pelos usuários e que chamava a atenção até mesmo de outros … Continuar lendo De referência a modelo em xeque: as idas e vindas do transporte de Blumenau

Projeto de jornalismo colaborativo foca no transporte público de Blumenau

Acadêmicos do 6º semestre do curso de Jornalismo da FURB trabalharam em conjunto com especialistas em mobilidade urbana e jornalistas do Santa, de O Município Blumenau e do Portal Alexandre José Mais do que estudar, experimentar uma das maiores tendências do jornalismo na atualidade. Essa foi a proposta do trabalho de jornalismo colaborativo “Transporte Público Collab”, desenvolvido em parceria entre o curso de Jornalismo da … Continuar lendo Projeto de jornalismo colaborativo foca no transporte público de Blumenau

Breve histórico das CPIs realizadas em Blumenau

A Câmara de Vereadores de Blumenau não teve muitas CPIs na sua história. Desde o ano 2000, apenas quatro CPIs foram aprovadas. Entre elas, a do Transporte Coletivo, que investiga questões relacionadas ao descumprimento de contrato pela Blumob e de medidas sanitárias durante a pandemia de Covid-19 em Blumenau.  Além das quatro CPIs aprovadas, vereadores que atuaram na cidade desde o ano 2000 apresentaram requerimentos … Continuar lendo Breve histórico das CPIs realizadas em Blumenau

Mensagens nas redes sociais mostram descontentamento com a Blumob

Quem observa os comentários deixados pelas pessoas que estão acompanhando a CPI do Transporte Coletivo de Blumenau logo percebe que a maioria utiliza os comentários das transmissões para mostrar o descontentamento com o serviço que está sendo prestado pela Blumob atualmente. São vários os comentários que falam sobre a falta de ônibus, principalmente em bairros mais afastados do Centro; que tratam de problemas com os … Continuar lendo Mensagens nas redes sociais mostram descontentamento com a Blumob

Moradores de Blumenau participam pouco da CPI

A importância que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Transporte Coletivo tem para Blumenau não encontra respaldo na participação popular. A população não se fez presente, de forma presencial, nas reuniões da Câmara de Vereadores para acompanhar o trabalho dos vereadores.  Desde que as reuniões da comissão começaram a ser realizadas, no dia 28 de julho de 2021, a única “participação” popular pode ser … Continuar lendo Moradores de Blumenau participam pouco da CPI

As conclusões da CPI até aqui

A CPI do Transporte Coletivo de Blumenau se encaminha para o fim, com prazo para terminar no dia 23 de dezembro, como já informamos anteriormente. Embora ainda não esteja totalmente concluída, muitas dúvidas já foram sanadas. Em 11 reuniões ordinárias e uma reunião extraordinária, oito pessoas foram convocadas e ouvidas, gerando aproximadamente 10 mil páginas de documentos, incluindo contratos e planilhas, entre outros. Para o … Continuar lendo As conclusões da CPI até aqui

Quem faz parte da CPI do Transporte Coletivo de Blumenau

A CPI é um direito assegurado às minorias no parlamento, segundo o procurador-geral da Câmara de Vereadores de Blumenau, Ray Reis. Isso porque uma CPI pode ser criada por uma parcela relativamente pequena dos vereadores, já que basta a assinatura de um terço do total dos representantes da população para que ela seja criada. Apesar da minoria da Câmara ter este poder, a composição de … Continuar lendo Quem faz parte da CPI do Transporte Coletivo de Blumenau

O que uma CPI municipal pode fazer

Uma CPI na esfera municipal tem poderes parecidos com os de um inquérito policial, que é elaborado pela Polícia Civil na investigação de um crime. Os vereadores membros da comissão podem determinar diligências, perícias em contratos, ouvir indiciados, inquirir testemunhas, requisitar informações e documentos para órgãos públicos e entidades, entre outras atribuições. Caso um investigado recuse comparecer à uma reunião marcada pela comissão de vereadores, … Continuar lendo O que uma CPI municipal pode fazer