Números de animais abandonados aumentam no período de final de ano

Com a aproximação das férias e viagens, aumentam os casos, mas a Lei de Proteção e Bem-Estar Animal pode colaborar para um maior controle

Mayara Korte

O abandono de animais é uma realidade constante em Blumenau. Basta caminhar pelas ruas da cidade, para deparar-se com diversos cães e gatos. Com a aproximação do final de ano e o planejamento de viagens mais longas e distantes, os animais domésticos sofrem as conseqüências da falta de planejamento e de cuidados das famílias tutoras e acabam abandonados. Mas o comportamento irresponsável agora passa a ser combatido com a força da Lei, que procura punir, mas também conscientizar. 

Código de Proteção e Bem-Estar Animal foi criado em 2015 e decretado em 2016, mas apenas em 2019 foi possível colocá-lo em prática, devido á problemas de direcionamento de recursos e pessoal capacitado para fiscalizar e cobrar as multas.  A lei considera como maus tratos, situações em que os animais estejam em local insalubre, tenham seus movimentos limitados, sem alimentação, em estado de doença sem tratamento, além de outras situações precárias. Além disso, a lei prevê multas que podem variar de R$200 a R$20 mil, conforme a gravidade.

“A fiscalização e a punição daqueles que praticam maus tratos aos animais acabam inibindo futuros atos pelo fato de existir a multa e sua rigorosa cobrança”, explica Fábio Fábio Felsky, gerente do Centro de Prevenção e Recuperação de Animais Domésticos (CEPREAD).

Entretanto, Fábio esclarece que o objetivo da lei é conscientizar a população ao ponto de não haver necessidade de fiscalizar maus tratos aos animais e aplicação de multas. O gerente explica que a divulgação em redes sociais sobre o abandono, os mutirões em ruas que contenham grandes quantidades de animais abandonados, palestras e participações em eventos, alocar em pontos de abandonos placas que inibem, como também informar aos moradores sobre a lei do bem estar animal e onde podem fazer denúncias são algumas medidas tomadas pelo CEPREAD para promover maior conscientização.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s