Hospedagem alternativa vira opção para turistas em Blumenau

Mais de 5 milhões de anúncios na plataforma Airbnb provam a popularidade deste serviço no mundo

A chamada “hospedagem alternativa” vem ganhando força como opção para turistas em Blumenau. Segundo a coluna do jornalista Pedro Machado no jornal Santa, o site Airbnb registrou cerca de 5,6 mil reservas durante o período da Oktoberfest 2018. As diversas opções possibilitam ao turista experiências diferentes. 

Uma opção de hospedagem alternativa que ganhou popularidade no mundo e atrai aqueles que querem pagar menos, sem se importar em dividir o quarto com outras pessoas, é o hostel. Geralmente, é uma casa com as acomodações básicas, várias camas, no qual pessoas de diferentes cidades, estados e países, podem dividir o local. É muito procurado por turistas que pretendem permanecer por um período de tempo maior em um lugar e só buscam uma acomodação simples para dormir e descansar. 

A Casa Amarela é um exemplo de hospedagem alternativa presente na cidade. Localizada no bairro Jardim Blumenau, surgiu há seis anos para suprir a necessidade que o idealizador Felipe Colvara Teixeira tinha com relação ao pagamento do aluguel da casa. 

O lado cultural está muito presente na Casa; eventos como exposições de arte, apresentações de bandas e mostras de cinema acontecem no local. “A casa é um espaço colaborativo que envolve hospedagem, um espaço de inteligência compartilhada com workshops, aulas de inglês, aulas de música e fotografia. Também é uma espécie de coworking de produção cultural, onde o pessoal desenvolve projetos”, conta Teixeira. Um exemplo desse espírito de colaboração que cerca a Casa é o fato da decoração ser composta por objetos que os visitantes trouxeram durante esses seis anos.

De acordo com o idealizador, durante os principais eventos com projeção nacional, como a Oktoberfest e o Festival da Cerveja, o perfil do turista é mais específico. “Eu recebo bastante gente, são pessoas que tem um perfil social e um poder executivo elevado. São pessoas que escolhem pelo estilo da hospedagem. Pelo fato dela ter essa movimentação cultural, ser um espaço compartilhado, de ter uma vivência local”, relata Teixeira.

A Casa Amarela usa o Facebook como principal forma de divulgação, mas plataformas como Airbnb ganharam força nos últimos anos. Com mais de 5 milhões de anúncios no mundo, o site se tornou uma referência para aqueles que procuram opções de  hospedagem dos mais diversos valores em qualquer uma das mil cidades que o site engloba. Os anúncios partem dos usuários que pretendem disponibilizar sua casa, apartamento ou quarto  para aluguel, gerando uma renda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s